25 janeiro, 2009

A Vida é Sonho


É certo; então reprimamos
esta fera condição,
esta fúria, esta ambição,
pois pode ser que sonhemos;
e o faremos, pois estamos
em mundo tão singular
que o viver é só sonhar
e a vida ao fim nos imponha
que o homem que vive, sonha
o que é, até despertar.

Sonha o rei que é rei, e segue
com esse engano mandando,
resolvendo e governando.
E os aplausos que recebe,
vazios, no vento escreve;
e em cinzas a sua sorte
a morte talha de um corte.
E há quem queira reinar
vendo que há de despertar
no negro sonho da morte?


Sonha o rico sua riqueza
que trabalhos lhe oferece;
sonha o pobre que padece
sua miséria e pobreza;
sonha o que o triunfo preza,
sonha o que luta e pretende,
sonha o que agrava e ofende
e no mundo, em conclusão,
todos sonham o que são,
no entanto ninguém entende.

Eu sonho que estou aqui
de correntes carregado
e sonhei que em outro estado
mais lisonjeiro me vi.
Que é a vida? Um frenesi.
Que é a vida? Uma ilusão,
uma sombra, uma ficção;
o maior bem é tristonho,
porque toda a vida é sonho
e os sonhos, sonhos são.

Pedro Calderón de La Barca (1600-1681)
Tradução de Renata Pallotini
Editora Scritta, Rio de Janeiro, 1992





Um comentário:

Estela disse...

Verdade ou não querido irmão, é que ainda bem que sonhamos!
Digo que duas coisas movem o ser humano, o primeiro é a paixão e a segunda é o sonho,uma decorrente da outra claro....e que envolve tudo, poder de realização,poder de superação e poder de contribuição, sim contribuição, porque nossos sonhos sempre acabam afetando as pessoas ao nosso redor.
Sempre qdo me deito a noite, digo que " sonho" com os olhos abertos, ah como é bom sonhar,penso em mil coisas tangíveis ou não, é o combustível para nós mortais seguirmos adiante na nossa tragetória que é a Vida!
Beijos meus irmãos!