26 setembro, 2008

Pergaminho II



OS PERGAMINHOS DO MAIOR VENDEDOR DO MUNDO

Segundo Pergaminho:
Saudarei este dia com amor no coração, pois este é o maior segredo do êxito em todas as aventuras. Os músculos podem partir um escudo e até destruir a vida, mas apenas os poderes invisíveis do amor podem abrir os corações dos homens. Farei do amor a minha maior arma e ninguém que a enfrente poderá defender-se de sua força.
Podem opor-se ao meu raciocínio, desconfiar do meu discurso, desaprovar meus trajes, rejeitar meu rosto e podem até suspeitar de meus negócios, contudo, meu amor estremecerá todos os corações.
De hoje em diante olharei todas as coisas com amor e renascerei. Amarei o sol que aquece meu corpo, amarei a chuva que purifica meu espírito, amarei a luz porque me mostra o caminho e amarei a escuridão porque me faz ver as estrelas. Eu receberei a felicidade porque ela engrandece o meu coração e tolerarei a tristeza porque abre a minha alma. Aceitarei os prêmios porque são minhas recompensas e receberei de bom grado os obstáculos porque eles o meu desafio.
Saudarei o dia com amor no coração. Enaltecerei meus inimigos e eles se tornarão amigos. Encontrarei razões para aplaudir e jamais arranjarei justificativas para maldizer. Quando tentado a criticar, morderei a língua. Quando tiver de elogiar alguém, falarei alto, acima dos tetos.
Farei como os pássaros, o vento, o mar e toda a natureza falam para louvar o seu criador. Conversarei no mesmo tom com meus filhos. De hoje em diante relembrarei este segredo e mudarei minha vida.
Amarei todos os comportamentos dos homens, pois cada um tem qualidades para ser admirado, mesmo que estejam ocultas.Derrubarei o muro da discórdia e do ódio que construíram em volta dos corações e, em seu lugar, construirei pontes para que o amor possa entrar em suas almas.
Amarei a ambição, pois ela pode inspirar-me; entenderei os fracassos pois eles podem ensinar-me. Amarei os ricos pois eles são solitários e amarei os pobres pois eles são carentes. Amarei os jovens pela sua fé e amarei os velhos pela sua sabedoria.
Responderei às reações dos outros com amor, pois o amor também é meu escudo para repelir as setas do ódio e as lanças da ira. A adversidade e o despeito se chocarão contra o mau escudo e se tornarão suaves como as chuvas brandas. Esse escudo me protegerá e eu o usarei até o dia em que ele seja parte de mim.
Enfrentarei cada um que encontrar com amor no coração. Em silêncio, para mim mesmo, direi: “eu amo você”. Embora ditas em silêncio, essas palavras brilharão em meus olhos, relaxarão minha fronte e trarão um sorriso a meus lábios, ecoarão em minha voz e o coração dele se abrirá. Ninguém dirá não para mim quando seu coração sente meu amor. Saudarei esse dia com amor e terei êxito.






Jorge Vercilo/Olhos de Isis

3 comentários:

disse...

Assim seja!
Assim sempre será!

Miguel disse...

Tão bom te ter por aqui, sempre.
Tudo o que escrevo ou publico Lê, fez e faz parte do meu crescimento como homem e como ser .Em algum momento deste caminho esses textos mudaram o rumo da minha vida, e mudando o rumo,um dia meu caminho cruzou o teu por isso esse blog é tão importante pra mim.

Um beijo enorme , repleto de amor e cheio carinho! TE AMO DEMAIS.

Eleonora disse...

eu sei querido meu da importancia disto tudo aqui para vc..
vc agora e no tempo certo .. pois que assim tinha que ser.. da vazao aos sentimentos.. ao aprendizado em forma de letras
e tenho certeza que estas letras aqui grafadas ajudarao as pessoas ..
é a semente lançada ao espaço que um dia germinara.. nao importa o lugar e nem qdo..
te amo tanto.. fico tao feliz em sabe-lo assim... te guardo em meu coraçao